Credito Fundiário itinerante em Poço Verde discute 14 propostas de aquisição de terra

Credito Fundiário | | 16:40h |

“Este é um programa que já investiu um valor significativo no estados tem funcionado como complementar à reforma agrária tradicional”.

O município de Poço Verde, distante 145 quilômetros da capital, foi o primeiro a receber o Crédito Fundiário Itinerante de 2018. A ação aconteceu, dia 18, na Câmara de Vereadores do município. Segundo o coordenador da unidade técnica do programa, Sérgio Santana, a iniciativa de levar a equipe técnica do Crédito Fundiário para o interior surgiu em 2016 provocada pelo secretário da Agricultura, Esmeraldo Leal, com objetivo de agilizar os processos de acesso à terra solicitado pelos agricultores, resolver problema de endividamento, divulgação das leis que dão abatimento nas dívidas e, divulgar o programa nos municípios onde ainda não foi implementado.

Propostas de Poço Verde

Um dos principais objetivos do encontro foi apresentar o andamento das propostas encaminhadas pelos agricultores. Segundo dados apresentados pelos técnicos da Pronese, o município apresentou proposta de aquisição de 14 propriedades para assentar cerca de 100 famílias. Destas, as propriedades Caldeirão e Terra Braca já passaram pela negociação de preço entre proprietário e agricultores.

“Outras quatro estão em fase de negociação (Faveira, TanqueI, TanqueII e Lagoa Seca). As áreas da Faveira II e FaveiraIII e Lacurici estão em fase de vistoria. As demais sofreram desistência do grupo ou estão impróprias para aquisição pelo Programa”, explicou o técnico da Pronese, Alceu Diniz.

A equipe da Pronese apresentou a situação das áreas adquiridas. Pelos dados do órgão, já foram investidos R$ 74.792.890,17 na aquisição de 158 propriedades em todo o estado, com uma área equivalente a 26.561 hectares onde foram assentadas 2.196 famílias. Também teceu comentário sobre as áreas  Jutaí, Valério e Faveira já adquiridas no município Poço Verde.

O secretário de estado da Agricultura, Esmeraldo leal falou da importância do Crédito Fundiário para o estado e em especial para Poço Verde. “Este é um programa que já investiu um valor significativo no estado e tem funcionado como complementar à reforma agrária tradicional, que inclui no processo produtivo famílias pobres inscritas no CAD-Único”.

Ele avalia a ideia de fazer uma equipe itinerante: “A iniciativa é válida porque alem de resolver os problemas burocráticos do programa, evita prejuízo para o agricultor que muitas vezes não tem o dinheiro da passagem para ir à capital, outros não tem o dinheiro da refeição. Sem contar que perde um dia de trabalho”.

O Programa

O coordenador da Unidade Técnica do programa, Sérgio Santana, explicou durante o evento que o “Crédito Fundiário é fruto de uma parceria entre o governo estadual e governo federal com objetivo principal de garantir que trabalhadores rurais tenham acesso à terra  e investimento para atividades produtivas de forma a contribuir para ampliação e consolidação da agricultura familiar”. Ele acrescentou que a Pronese é unidade técnica executora do Programa sob coordenação da Secretaria de Estado a Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri). A ação conta também com as parcerias da Semar, Emdagro, Adema, Ibama, Incra e movimentos dos trabalhadores como Fetase e MST.

O programa tanto financia a compra de terra individual para uma família como para grupo de famílias, desde que sejam agricultores familiares de baixa renda. Entre as condições de financiamento estão: disponibilidade de teto máximo de R$ 140 mil reais; prazo de pagamento de até 20 anos; carência de até três anos para início do pagamento; juros de 2% a 0,5% ao ano; desconto de até 40% para áreas do semiárido e 30% demais regiões. Os grupos ou pessoas interessadas devem procurar a Unidade Técnica do programa na sede da Secretaria da Agricultura.

Assentados do Crédito Fundiário produzem camarão em São Cristóvão

Credito Fundiário | 06.06.19 | 18:30h

Pesca em apenas um tanque rendeu 600 kg de camarão e renda de R$ 9 mil para produtor rural

Agricultores de Capela recebem recursos para infraestrutura produtiva e assistência técnica

Credito Fundiário | 11.04.19 | 03:40h

Em menos de sete meses eles já foram atendidos pelo Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) com recursos para compra da terra, em agosto do ano passado, mais os investimentos comunitários liberados agora, totalizando R$ 874.999,90.

Governo cria unidade produtiva e entrega títulos de terra a seis famílias de trabalhadores rurais

Credito Fundiário | 15.03.19 | 18:30h

O Programa Nacional de Crédito Fundiário oferece condições para que os trabalhadores rurais sem terra ou com pouca terra possam comprar um imóvel rural por meio de um financiamento

Crédito Fundiário possibilita acesso à terra para mais 43 famílias de agricultores em Lagarto

Credito Fundiário | 06.11.18 | 14:40h

O município de Lagarto chega a 20 propriedades adquiridas pelo Programa de Crédito Fundiário, totalizando R$ 14.629.911,05 investidos.

Governo cria unidade produtiva e entrega títulos de terra a seis famílias de trabalhadores rurais

Credito Fundiário | 15.03.19 | 18:30h

O Programa Nacional de Crédito Fundiário oferece condições para que os trabalhadores rurais sem terra ou com pouca terra possam comprar um imóvel rural por meio de um financiamento

Crédito Fundiário possibilita acesso à terra para mais 43 famílias de agricultores em Lagarto

Credito Fundiário | 06.11.18 | 14:40h

O município de Lagarto chega a 20 propriedades adquiridas pelo Programa de Crédito Fundiário, totalizando R$ 14.629.911,05 investidos.